quinta-feira, 29 de junho de 2017

SEGUINDO EM FRENTE SEGURA EM DEUS- COMO ESTOU DE SAÚDE.

        Resultado de imagem para O QUE PODE FAZER UMA PESSOA ENTRAR EM CRISE DO FEOCROMOCITOMA
Boa noite meus amigos e visitantes. Muitas vezes eu não posso mudar situações que surge, mas posso e vou ter controle emocional para lidar com tudo com calma, discernimento, paciente, e acima de tudo fé em Deus. Não cai nem um fio do nosso cabelo sem a permissão de Deus. As vezes é ate necessário recorrer ao silencio. O silencio dispensa as palavras. O silencio é tão importante, como a palavra certa no momento certo. Eu me calo, mas eu tenho certeza que Deus esta trabalhando.Eu tenho uma doença que exige cuidados, não só o uso das medicações rigorosas, como eu sempre o faço, mas também a paz espiritual é muito importante. E essa paz eu posso manter independente do que aconteça a minha volta. Logico que não sou robô, para agir sempre no automático, mas no dia a dia da sim para termos controle emocional, não se deixar levar pelas circunstancias externas, nem pelos sentimentos inferiores, como raiva, urgência de se resolver algo muito rápido, mesmo que seja o nosso desejo isso. E o um dos sentimentos que devemos dispensar das nossas vidas é o medo, um medo proporcional a uma situação de risco, é uma ferramenta para que possamos agir, mas se deixamos levar pelo medo de algo que não sabemos se vai acontecer ou não, é prejudicial e ate nós paralisa e podermos tomar atitudes que possamos no arrepender. Ainda vou passar quase uma semana com familiares na minha casa, eles vão se mudar no final da próxima semana. Eu vou fazer destes dias, dias de felicidades, se eu pedi o juízo ? Gente eu me acho ajuizada. Eu só tenho dois caminhos, então eu prefiro ser amor, ser paz, tentar leva Deus para quem precisa, hoje passei o dia escutando louvor, deixei louvor na sala o dia todo, li a bíblia, e ainda vou orar bem alto hoje a noite rsrs. Se eu estou no caminho certo ? Eu confesso que eu não sei, mas este caminho é o único que enxergo que não me traga desgaste emocional o que poderia me colocar em uma situação ainda mais delicada. Por mais que eu enxergue uma realidade que eu não goste, eu ainda quero acredito no lado bom das pessoas. Isso não quer dizer que vou deixar a deriva meus problemas de forma alguma, na próxima semana eu vou ter a minha vida de volta, quero e vou morar eu, minha filha e minha irmã. Mas enquanto esse dia não chega, vou tentar passar da melhor maneira que seja possível.


                 Imagem relacionada 
A uns dias a minha filha ficou adoentada, com febre, dores pelo corpo. Ontem eu amanheci com febre, e hoje amanheci pior, com febre alta, dores nas pernas, dor de cabeça e muito enjoou. Por enquanto ainda o feocromocitoma está quieto e assim eu rogo que permaneça. Hoje a minha pressão oscilou um pouco,acho que devido a dor de cabeça, mas já está controlada. O meu maior medo que é eu entrei em outra crise do feocromocitoma. A ultima como sabes foi muito forte e imagine essa ao qual não tem possibilidade alguma de deixar a minha filha sozinha aqui, na outra crise já não tinha e agora piorou ainda. Ela ainda está com febre e doente também. Não vou nem começar a imaginar algo que não aconteceu, para não atrair coisa ruim.

Meus amigos quero agradecer os conselhos, apoio e amizade, na postagem anterior. Sei que me expôs muito. Mas é bom saber da opinião de vocês, são pessoas que estão fora da situação e consegue ver a situação de uma forma mais clara. Compartilhar os problemas as vezes os torna menos pesados. Como sempre digo tudo na vida passa, este não sera diferente, vão passar também. Amanhã vou ver se trabalho, vamos ver como meu corpo vai reagir e no final de semana ficarei com meus amorezinhos, estou morta de saudades. E vamos que vamos com Deus dirigindo os nossos passos e nós amparando nas nossas caminhas. Um grande abraço a todos.  

quarta-feira, 28 de junho de 2017

A DIFICULDADE QUE É LIDAR COM PESSOAS VICIADAS.

              Resultado de imagem para quem segue a Deus segue aos seus mandamentos
Olá meus amigos, mas uma vez desabafando no meu diário virtual. Muita coragem escrever para o mundo algo que a maioria esconde as sete chaves para que a sociedade não saiba. Mas a vida novamente me coloca a prova. Por muitos anos da minha vida lidei com dependentes, o alcoolismo de terceiros então fazia parte da minha vida. O que eu já passei com certeza absoluta daria um livro de como uma pessoa poderia ser resistente ao tentar libertar vidas dos vícios. Mas no final das contas sera que libertei vidas dos vícios mesmos ? Hoje eu creio que ninguém tira as pessoas de nenhum tipo de vícios. As pessoas precisam querer serem ajudadas, se não for assim todo trabalho é em vão. Tive varias experiencias, um dos meus irmãos foi internado involuntariamente e isso varias vezes, se adiantou ? Não ele morreu de câncer de laringe, e só parou de beber quando quis. Meu outro irmão que morreu aos 44 anos, por falência de múltiplos órgãos. Ele me dizia que era portador também dessa doença o feocromocitoma, mais eu nunca acreditei. Como ele vivia de mentiras, como saber se era verdade. Mas depois do falecimento dele, eu ate creio pela suspeita do medico que o atendeu, que fosse mesmo. Era alcoólatra e infernizou a minha vida, de uma forma que só mesmo com Deus para me fazer da o perdão.  Ele aprontava, me implorava perdão,eu perdoava e ele repetia o mesmo erro, e isso foi se repetindo por muito tempo. Foi com ele que eu aprendi que so sobreviveria se fosse forte, ele me ensinou a crueldade do mundo. Não sei se chegou um ponto onde o vicio tomou as suas funções mentais, ou tudo o que ele fez foi premeditado. Só sei que ele implorava ajuda, eu abria as portas da minha casa e ele levava tudo, isso mesmo tudo, eu dizia que não iria mas ajuda-lo e ele muitas vezes ia morar da rua e mas uma vez eu estendia as mãos e mas uma vez ele fazia tudo de novo. Quando eu tinha um pouco mais de resistência para ajuda-lo ele se internava e o hospital me ligava dizendo que ele precisava ser internado e que precisava que alguém fosse assinar o seu internamento.  E ao velo em cima de uma cama de hospital, eu não conseguia virar as costas. Porque sempre eu ? Porque a minha família é assim. Com uma exerção de uma irma minha que também as vezes o ajudava. Ele foi internado na melhor clinica de reabilitação e o resultado ? Ele voltou para o vicio. Depois dele errar comigo mas de sete vezes eu sair de Salvador, e ele foi morar novamente na rua, e acreditem ele era formado e ainda largou o emprego de encarregado da odrebeche. Os vícios fez ele perder tudo, no final essa mesma irmã alugou uma casa para ele. Um pouco antes do fim dele eu tinha acabado de voltar para Salvador. Uma noite ele me ligou e me pediu socorro, eu não fui la, e nem essa minha irmã, pensamos que era o mesmo jogo de chantagem. Mas não foi, e ao visita-lo no dia seguinte eu percebi que dessa fez era verdade, mas foi tarde demais e ele veio a falecer. Mas o pior coisa que ele fez não foi as coisas que fazia comigo, os roubos repetidos, mas o caminho que ensinou aos que estavam na adolescência. Um dos sobrinho era muito apegado ao tio que o ensinou o caminho da destruição. E por meu sobrinho na época esta na minha casa continuava alimentando o seu vicio as minhas custas. Só tinha uma coisa de melhor nele, ele e minha filha se davam bem. Vocês devem se perguntar onde estava os pais dele? Estavam de boa, diziam apenas que ele não era mais o filho deles. Mas depois de tentar de tudo e não conseguir mas lidar com essa situação eu também me afastei, mas nunca deixei de orar. Esse é um período que eu não gosto nem de lembrar, pois foi muito dificil pra mim. É tão fácil passar pela vida sem sentir as dores dos outros. Mas eu não sou assim. Mas eu hoje eu vou colocar as cartas da mesa, doa a quem doer. Já tem outro irmão alcoólatra que está na minha casa, mas esse já é idoso, só toma bebida a noite e não nós perturba muito. Mas ate esse eu também quero que more em outro lugar, ele recebe auxilio doença, então já esta na hora de buscar o seu rumo. Afinal eu tenho uma filha que nunca me deu trabalho algum sobre vícios, uma menina estudiosa, que vive longe de drogas, não fuma, e ate bebida alcoólica toma raramente. Eu odeio as drogas e todo tipo de vícios, com toda a força do meu coração. Mas queria também odiar a quem se entrega a ela, mas eu não consigo. Vários sentimentos toma conta de mim, pena, raiva, compaixão, é tão dificil da as costas. Mas não posso mais expor a minha filha a uma lar conturbado, não posso mais, se tiver que fazer escolhas, eu escolho vida, eu escolho a minha filha que nunca nem chegou perto de nada que a possa se colocar dependente. A um més meu irmão, isso outro irmão que também está se perdendo, mas enfim a vida é dele, veio com uma historia que meu sobrinho estava com a casa batendo laje e precisava passar uns dias aqui em casa. Mas meu irmão disse que esse meu sobrinho estava bem, que que estava casado e era apenas uns dias. E eu resolvi abrir as portas da minha casa. Foi passando os dias e chegou o dia que eles disseram que iriam embora. Eles falaram que iriam lavar a casa e para minha surpresa eles voltaram de la dizendo que a casa era alugada e quem iria passar uns meses aqui, só ate se estabelecerem. Conversei com eles, mudei eles de quarto, os colocando mas longe dos nossos quartos e parecia que iria da certo, passamos ate um são joão em harmonia. E para minha surpresa e horror, ele chegou na porta do meu quarto, e os seus olhos estavam vidrados, eu já conheço esse olhar, é um olhar que eu nunca vou esquecer, e quando ele começou a falar, pulei da cama e o empurrei para fora do quarto da minha filha. E nesse momento eu percebi que tinha entrado de novo ao tentar ajudar alguém em uma situação de risco. Ele tomou banho e foi ficar com sua esposa, ela relata que ele chorou etc. Passei a noite em claro. Ontem quando amanheceu ele já tinha saído para trabalhar. Peguei a sua esposa e sair com ela para alugar uma casa para eles. Falei a ela que não dava mas etc. Mas ontem ela não gostou de nenhum lugar. A não sei um no mesmo prédio que eu moro. E foi ontem mais uma noite acordada. E foi nesse momento que me dei conta que mas uma vez seria eu a sair dessa situação que outros me colocaram. Ontem foi uma noite de suspense, coloquei minha filha, minha irmã e lila no mesmo quarto. Eu estava na minha casa trancada no quarto, e fiquei a me perguntar se era mesmo isso que estava acontecendo. E na frente da minha filha eu tive que deitar preparada para agir caso fosse necessário e ela olhou pra mim e me disse que nunca pensou em viver uma situação dessa. E foi mais uma noite em claro.
Uma situação se repete mas uma vez. Estava a dias já vivendo em um ambiente que não estava me agradando, era brigas deles sempre, mas quando percebi que a situação era mais seria do que eu poderia imaginar, percebi a urgência que isso seja resolvido o mais rápido possível. É uma das lutas mais dificil que existe, tentar tirar alguém desse caminho. São pessoas que sabem fazer chantagem emocional, sabem manipular e acredite se facilitar você começa se sentir a carrasca e eles os anjos.
Por mais incrível que possa ser, o feocromocitoma continua totalmente inativo, estou com pressão controlada, frequência normal etc, tudo normal. Logico no momento de maior estresse a pressão sobe um pouco, mas em seguida entra na normalidade. O que é muito diferente das crises do feocromocitoma que faz minha pressão subir dramaticamente e permanecer alta independente dos medicamentos usados. Diante desse todo estresse externo em nenhum momento sentir dor no peito, nem sintomas de crise do feocromocitoma. Mas logico que com isso não quero dizer que não esteja me prejudicando.  A minha filha está com febre, e dor na garganta e hoje eu amanheci com febre também.
Esperei dois dias para ter uma conversa com meu sobrinho, me preparei mentalmente e estava convencida a ser bem objetiva. Não pensei que seria uma conversa fácil. Sabia o que  provavelmente escutaria, mas estava firme. E com apenas minutos ele mais uma vez me pediu desculpas e mas uma vez vou tentar ajuda-lo. Ele perdeu a mãe e o irmão, se continuar dessa jeito vou me mudar e não me veras mais. Sera a minha ultima vez que vou tentar ajudar. Aqui em casa realmente não da mas. Mas tem um apt do mesmo prédio meu, e eles vão se mudar amanhã. Ele tem tudo para ter uma vida de verdade. Uma esposa que o ama e passa por cima de muitas coisas, terá o meu apoio se for para ter uma vida certa.  Agora é com ele.
Se existe uma vacina contra os vícios é lidar com pessoas viciadas, você toma horror e sente pavor de se tornar uma dependente. É por isso que eu afirmo que só podemos ser dependentes de Deus o resto é dependência ao inimigo destruidor.
Meus amigos quero agradecer a todos pela oração de ontem. Eu realmente estava agoniada, mas hoje estou em paz. A vida segue, uns tem uma vida menos conturbada que outros, mas o importante não é a quantidade, nem gravidade dos problemas que temos, mas sim a forma que lidamos com as adversidades. Deus me ponhe em pé, me da forças para continuar a minha caminhada. Como eu sempre digo não existe dia que seja igual ao outro, pode ser pior ou melhor, e que bom que hoje eu me sinto mais preparada para enxergar algo de bom que Deus queira me mostrar. Talvez meus sobrinhos, todos eles eu tenha uma aproximação de outras vidas, quem sabe uma das minhas missões sejam de alguma forma ajuda-los. Mas logico filha eu só tenho uma, e a minha prioridade máxima é ela. Vou tentar ajudar, mas de forma alguma a prejudicando. Se não de certo eles no mesmo prédio meu, eu me mudarei, mas pelo menos vou deixa-los em um lugar fora de qualquer influencia externas, com possibilidade de serem felizes. Pelo menos eu vou colocar a cabeça no travesseiro e poder dizer eu fiz a minha parte.  Enfim e a vida segue....

              Resultado de imagem para com deus eu consigo tudo 
   

terça-feira, 27 de junho de 2017

PEDIDO DE ORAÇÃO ESTOU EM GRANDE TRIBULAÇÃO.

         Imagem relacionada

Meus amigos eu rogo a quem aqui entrar orem por mim, Mirtes Stolze, pela minha filha Santy Stolze. Pela minha irmã Marcia Stolze e pela minha cachorrinha Lila. Eu não poderia deixar Lila de fora, porque nós a amamos. Mas orem mesmo, nem que seja um Pai Nosso, pessoas que estão passando por aprovações quando recebe oração tem mais ajuda espiritual. Eu acredito de verdade nisso. Só mesmo pela minha esperança e fé conseguir digitar essas palavras, pedindo oração. Eu autorizo quem quiser colocar o nosso nome em rede de oração, seja pela internet ou não. Ou na religião que queiram, que chame por Deus. Já Agradecendo pelas oração que creio que receberemos. 

quinta-feira, 22 de junho de 2017

FIM DA CRISE DO FEOCROMOCITOMA- RESUMO- OBRIGADA DR. EMERSON PORTO

 Resultado de imagem para meu deus obrigada por tudo

Boa noite meus amigos e visitantes. Hoje eu sinto confiante em afirmar que venci mais uma crise do feocromocitoma. Hoje me sinto tão feliz, que é algo bem assim, rindo atoa. Só tenho que comemorar e agradecer a Deus pelo dom da vida, e a todos que contribuirão de alguma forma para que eu vencesse mais essa. Vou resumir essa minha crise. Comecei a sentir dor no peito, eu tenho consciência que Feocromocitoma causa dor no peito e que a maioria dos pacientes com feocromocitoma algum momento da sua doença a sentem. Mas, mesmo assim a minha filha insistiu para que eu fizesse exames para descartar algo mais serio do coração, por ser uma paciente com risco de doenças cardiovascular e assim eu fiz marquei uma consulta para meu medico Dr. Emerson, no dia da consulta que ocorreu no dia primeiro eu não estava bem, e ele com sua competência percebeu que eu não me sentia bem, me examinou constatou pico hipertensivo e taquicardia e recomendou internação para investigação e para ceder a crise. Naquele momento eu não estava preparada para ser internada, alias nunca estou rsrs, mas de verdade naquele dia eu não poderia me ausentar. Após conversar com minha filha eu decidir resolver as coisas o mais rápido possível para que eu me internasse. Mas nesse intervalo, onde eu resolvi tudo, eu tive uma melhora e pensei que a crise estava cedendo. E no dia doze eu me sentia bem e fui me arrumar para da uma saída, mas todas as crises do feocromocitoma não passa simplesmente com diversão, crise do feocromocitoma quer repouso absoluto e prudência. E eu tive mais uma grande piora. No dia 13 eu piorei demais, a dor no peito ficou opressiva e no dia 14 eu não aguentei mas e recorri ao hospital. Já estava a dias com dor de cabeça, enjoou, dor no peito e mantinha pressão arterial as alturas.  Mas nesse dia eu fiquei muito mal. Nós avisamos a Dr. Emerson que ficou de avisar a equipe, isso nós deu mais coragem. Acho que se ele não estivesse ciente que eu estava indo para o hospital, eu teria tido coragem de ir. Realmente nós estávamos apavoradas.
Agora que passou podemos ate achar engraçada a situação, mas no momento não teve graça alguma. Teve uma pessoa da família que é espirita que me disse que tinha visto um falecimento e logico todos direcionaram a direção pra mim rsrs. Imagine que situação bizarra, temia ir para o hospital,  mas eu não poderia ficar em casa, na forma que eu estava. Eu não aguentava mais. então não buscar o hospital não era opção, era suicídio não buscar a medicina naquele momento. Mas quando eu cheguei no hospital, ficamos sabendo que meu medico estava no hospital. Foi nesse momento que minha filha olhou pra mim e se mostrou mais confiante. Nesse momento começou o fura-fura, e eu só dizia "podem furar". Queria ser logo medicada e ter alguma melhora, eu só queria ver que estavam errado sobre o meu futuro rsrs. Foi quando não conseguiram pegar o acesso que eu lembrei passo-a-passo as palavras que tinha escutado. Nesse momento a minha vontade era desistir e sair correndo do hospital, afinal, se tinha visto minha morte la, então eu iria para casa rsrs. Mas foi quando o medico que estava de plantão que por sinal no meu ponto de vista fez o que estava ao seu alcance, me disse que  Dr. Emerson tinha mandado que eu fosse para UCO, nesse momento eu tinha uma coisa em mente, eu iria morrer. A minha filha foi ao encontro de Dr. Emerson, para pedir para ver a possibilidade dela ficar comigo na UCO, mas mesmo que Dr. Emerson tivesse permitido, eu não sei se  teria coragem de forma alguma de ter indo para a uco. E ele permitiu que descesse um cirurgião por sinal muito competente para pulsionar meu acesso na emergência. Naquele momento minha fé estava em um tamanho de uma mostarda rsrs, pensava mesmo que tinha chegado a minha hora.  Mas  o medico pegou meu acesso na primeira tentativa e ainda periférico, o meu alivio eu não vou tentar descrever, pois não tenho como descrever, eu sentir que tinha possibilidade de sair viva deste internamento.  Dr. Leonardo não só conseguiu um acesso em mim, me permitindo ser tratada, como evitou um colapso nervoso rsrs. Mas depois de tudo já ajeitado, eu me admirei pela minha coragem, eu pensava que iria morrer e em nenhum momento fraquejei, pelo contrario mostrei o tempo todo a minha filha uma grande paz, alias como sempre faço.
Não sou uma paciente de chorar, berrar, gritar e etc. A minha amada mãe dizia que eu sofria como um carneiro, que precisava reclamar mais, mas eu sempre fui assim, eu sou assim e não sei ser diferente. Enfim, o pior tinha passado, mas não vou dizer que desapareceu o medo da morte nos próximos dias. Nessa noite a minha filha desabou e eu a mandei dormir em casa, ela se recusou muito, mas ao final obedeceu e eu passei essa primeira noite com a esposa de um sobrinho. Não vou dizer que a emergência seja lugar ideal para se tratar emergências hipertensivas, mas eu propria me coloquei naquela situação, pela orientação medica estaria na UCO, então eu mesma fui driblando as dificuldades. Eu sentir muita dor de cabeça no primeiro dia internada, mas se estava aguentando dor em casa, então poderia aguentar usando o minimo de medicação possível internada. A minha filha tinha me feito prometer que ela iria ate em casa, mas eu não iria morrer, no momento pensando nela eu prometi, mas foi uma noite do cão, eu não dormir, e fiquei acordada o tempo todo. Orei a noite toda, não me deixe morrer hoje e a oração era sempre repetida. No dia seguinte a minha filha chegou e me abracou e abraçou. Agora eu penso se passei por tudo isso, imagine a sofrimento da minha filha e pedir a todos da minha família que eu não quero saber de sonhos de ninguém, que compreendo que é dificil sonhar algo assim e não contar, mas eu de verdade não quero mais passar por isso. Quando a morte chegar, chegou. Talvez quem sabe Deus tenha escutado o meu clamor, seria mesmo meu dia e Deus resolveu me dá mais vida.  No dia 15 eu acordei melhor, pegou o plantão uma medica que só pensava em uma coisa - a minha alta -, eu nunca tive uma alta tão rápida rsrs.  Ela analisou o momento que eu estava estável e no ponto de vista dela era bem fácil, caso retornar-se os sintomas voltar para o hospital e passar por todas as dificuldade de acesso de novo rsrs.  Cheguei em casa ainda em crise e passei ainda em sofrimento alguns dias que finalmente com a minha prudencia, mesmo quando tive outra melhora, permaneci em repouso e aqui estou livre da crise do feocromocitoma. O sintomas que mais predominou nesse crise foi a dor no peito e dor na nuca, mas enfim, estou de volta a vida.  Meu coração está pulando a toa, mas não de taquicardia rsrs, mas de alegria pela oportunidade que Deus me deu de viver um pouco mais e aproveitar a vida. Desfrutarei cada momento, desfrutarei o meu presente, e o meu futuro pertence a Deus. Desfrutarei com minha filha momentos de muitas alegrias, com meus amorezinhos e com quem amo.

                       Resultado de imagem para GRATIDÃO  

Em todas as minhas crises apos sair delas, eu venho aqui agradecer a todas as pessoas que ajudaram nesse dura prova que são as crises do feocromocitoma. Primeiramente agradeço a Deus é claro, por ter me permitido aqui está, obrigada meu Deus pelo dom da vida. 

Obrigada minha filha e querida e amada filha Santy, sem você filha amada, não teria vida, tão teria animo, tão teria coragem, não seria vida. Se hoje eu digo sou feliz e porque você me faz ser feliz. Você é meu ar que respiro, você é o motivo que acordo todos os dias e peço ao Pai Vida. Obrigada meu Deus pela anjo de luz que me mandas-te como filha e aproveitando esse momento eu lhe peço meu Deus que a minha filha seja muito feliz. Meu Deus eu lhe peço que a minha filha tenha sempre saúde física, emocional e psíquica. Que todos os seus sonhos sejam realizados e que ela consiga alcançar todos os seus desejos. Eu te amo, te amo mais do que minha propria vida. 

 Ao meu medico Dr. Emerson Porto. Eu lhe sou grata pela sua assistência medica que mudou a minha qualidade de vida. Antes eu percorria com freqüência as fases de só sofrimento. Depois que eu conheci a Fundação Baiana de Cardiologia e passei a ser acompanhada por ele, eu passei a confiar pela primeira vez em uma conduta medica. As vezes eu sou teimosa e muito, mas todas as suas condutas medicas, prescrições, orientações eu sigo a risca, menos quando me indica internamento, mas depois dessa ultima crise eu serei menos teimosa, assim eu espero que seja mesmo. Dr. Emerson a minha gratidão, a nossa gratidão cresce cada vez mais, e peço a Deus que o senhor e toda sua família seja sempre cobertos com as graças de Deus. Eu desejo que eu possa ate o fim ser acompanhada por um medico tão humano, competente e zeloso pela minha vida, alias pela vida de todos os seus pacientes. Deixo mais uma vez a minha eterna gratidão. Não sei se algum dia vai ler essas minhas palavras, mas eu acredito que quando mandamos uma energia boa, como a gratidão verdadeira, chegam a quem agradecemos e oramos sempre pela sua felicidade e de toda família. Somos verdadeiramente gratas por tudo que fez por mim, muita obrigada. 

Ao Dr. Leornardo Eugenio, eu sou também grata por ter indo pegar o meu acesso na emergência com extrema competência. O acesso foi pulsionado rapidamente e com exito. Agradeço também pela sua delicadeza e logico ter me tirado daquele inferno astral. Agradeço também a todos da equipe que contribuirão de alguma forma me ajudando nessa crise e ao serviço de enfermagem a quem zelaram por mim e principalmente a Miura, como sempre nós dando com o seu jeitinho meigo, muita força. Que Deus esteja com todos vocês e que não me vejam tão certo kkk. 

Meus colegas e amigos os quais se colocaram a minha disposição e a toda minha família que me deram apoiou e apoio a minha filha, eu agradeço de coração.
Meus amigos virtuais, e os portadores de feocromocitoma, aos quais passaram mais essa crise comigo, eu agradeço e desejo a todos muitos dias felizes. Só farei postagem na próxima segunda- feira, mas  nessa mesma postagem aqui estarei compartilhando com vocês meus momentos de lazer e meu São João. E vamos gente aproveitar a vida que é passageira. Viva a vida. Feliz são joão a todos.

 Resultado de imagem para feliz são joão a todos
 Já começamos a festejar o são joão. 
Não poderia faltar a nossa comida chinesa predileta yan ping.
Nosso são joão dia 24 de junho.
Como todos sabem eu amo praia, então puxei a minha filha para saímos conosco

E a noite foi animada. Deus é maravilhoso, transformador de vidas. Fiz desse são joão uma data festiva, comemorando o dom da vida.  












quarta-feira, 21 de junho de 2017

MAS UM DIA QUE MEU DEUS MOSTROU O SEU PODER.

             Resultado de imagem para EU SÓ TENHO HOJE A AGRADECER A DEUS
Meu querido Deus eu não tenho palavras que possa mostrar a minha gratidão pelo dom da vida, pela sua amizade meu Deus amado. Esse més eu fui colocada a prova, eu poderia ter virado as costas aos meus problemas, mas lhe busquei e percebi que a verdadeira entrega ao senhor é amar ao próximo com a mim mesma. Quem segue verdadeiramente a Deus não vira as coisas para ninguém, mesmo passando pelo vale, eu coloquei seus mandamentos acima de tudo. E hoje não me arrependo de forma alguma. No momento que eu recorri a Deus o senhor estava presente. Obrigado meu Deus por tudo. A vida é um eterno mistérios.  Eu prefiro ajudar do que ser ajudada, dar do que receber, eu prefiro consolar do que ser consolada. Então meus amigos eu estou feliz e na mas completa paz. Pois sei que Deus está juntinho de todos nós. Com amor tudo é solucionado. Pois o verdadeiro amor é curativo. E vamos que vamos seguindo a vida de cabeça erguida. 

Meus amigos e visitantes, amanhá vou fazer uma postagem relatando o resumo da minha crise, e como sempre agradecer a todos que me fizeram supera-la.Eu estou me sentindo cada vez mais protegida por Deus e hoje sinto uma enorme alegria pelo dom da vida. Beijos, Beijos, amanhã estarei  aqui para falar sobre a minha crise do feocromocitoma e minha superação.

terça-feira, 20 de junho de 2017

FEOCROMOCITOMA É ISSO UMA BOMBA, NÃO O SUBESTIME.

           Resultado de imagem para sintomas do feocromocitoma
Boa noite meus amigos e visitantes. É para muitos leigos e pessoas que que não sabe de fato o que seja essa patologia, pode ate achar que os sintomas possam ser estresse. Alguns acham que todos os pacientes com feocromocitoma deve ter vida limitada, não podem isso, aquilo. Outros acham que é só evitar estresse que fica de boa. Na minha opinião, como paciente com feocromocitoma a mais de 20 anos, digo que todos as pessoas portadores de feocromocitoma ou outras patologias, precisam e devem viver, e ter uma vida mais independente possível. Eu não subestimo de forma alguma a minha patologia. Esse blog foi feito por mim, depois de sentir muito remoço e trabalhar para me perdoar, por não ter levado a serio os sintomas no meu irmão. Hoje eu sei que tudo fez parte do plano divino e que a vida é um eterno aprendizado. Ele não tinha o diagnostico fechado de feocromocitoma, já eu na época tinha exames já positivos.  Ele muitas vezes me acompanhou no hospital e todos achavam que ele estava somatizando. Até médicos zombaram dos seus sintomas, e naquela época, médicos pra mim eram certos. Não demorou muito para que eu aprende-se que não era bem assim. Vou tentar resumir o máximo possível, para não reviver o que já é passado.  Ele teve inúmeras internações, sem diagnostico definitivo, deixou de procurar ajuda medica e um dia ligou para minha irmã pedindo ajuda, ela mandou a funcionaria la e ela  disse que tinha indo e que ele estava bem. Acho que nunca aquela criatura que dizia seguir a Deus nunca esteva com meu irmão. Ao amanhecer eu fui velo e já o encontrei sem forças. Automaticamente dei socorro a ele, ele foi internado. Mas nem naquele momento eu pensava nunca que ele estava morrendo, nós estamos ate brincando um com o outro. No dia seguinte o encontrei em coma. E para minha surpresa e desespero, o medico chegou para mim, sem nunca imaginar que eu era portadora de feocromocitoma e disse que ele achava que meu irmão tinha uma doença rara o feocromocitoma e foi descrevendo a situação do meu irmão. Naquele momento Deus me carregou no colo, pois sentir o quanto eu errei, eu vivia dizendo a meu irmão que ele precisava relaxar, cuidar da mente etc. Não posso voltar atras e fazer diferente. Mas e vou alertar a todos que ao sentirem sintomas persistentes não se contente com palavras nem que sejam medicas, exijam que descarte doenças físicas que possam explicar os seus sintomas. Se de fato ser comprovado que não há doença existente, ai sim é correto buscar ajuda psicológica ou ate espiritual. Afinal a mente faz muita coisa e no céu e na terra tem os seus mistérios. Depois disso meu outro irmão foi diagnosticado como infecção de garganta, tratado por três meses com antibiótico, eu vivia o alertando e ele apenas brincava que já estava bom, mas a minha preocupação era uma ferida que não cicatrizava, resumindo foi descoberto câncer na laringe, ele teve meses de sofrimento e faleceu. Já quando minha irmã deixou de andar, e minha filha me ligou dizendo que os médicos diziam que ela não tinha nada, eu entrei na emergência com o capeta do corpo rsrs, e perguntei ao medico quais os exames foram feito e em que base era o seu diagnostico, resultado que o medico a internou e foi diagnosticado Mielite e hoje depois de muitos meses sem andar, ela voltou a da alguns passos. Mas infelizmente ao ficar no hospital com ela, eu perdi meu portocarth, mas isso também faz parte da vida, se não fosse por isso seria por outra coisa. Gente eu não estou dizendo que não exista doença psicossomática, apenas alertando que quando se tem um sintoma persistente deve se investigado e afastado doença física. Afinal qualquer doença física deve ser o mais brevemente diagnosticado. E quando eu relembrar o passado, hoje não me machuca mais, pois sei que tudo o que nós acontece é com a permissão de Deus. Hoje relembro e vejo que foi lições apreendidas.             
                         Imagem relacionada 
Hoje eu amanheci com pressão arterial normal, muita fome, e o melhor meu coração batia normal. Fiquei muito alegre e minha amada filha me lembrou logo que deveria ser prudente, pois não sabia se era uma melhora ou de fato fim da crise do feocromocitoma. Eu logo respondi é o fim da crise, pois eu sinto que seja rsrs. Mas fui prudente o dia todo. É um alivio tão grande quando o feocromocitoma interrompe de jogar, que a gente se sente de volta a vida. Quando me perguntaram o que eu iria fazer São Jõao, respondi que Deus ainda estava resolvendo por mim rsrs. De fato eu não quero fazer planos, sera como assim Deus desejar.  Mas estou feliz pelos sintomas ter indo embora com a crise do feocromocitoma.  Tem uma brincadeira que acho sem graça, quando a pessoa diz que estamos pronta pra outra. Nem pensar agora eu espero que só no ano seguinte possa ter uma crise tão dificil, como essa rsrs. E vamos que vamos agradecendo a DEUS por tudo e a todas as pessoas que contribuirão para que hoje eu pudesse dizer que lindo dia rsrs.

                   Imagem relacionada 

segunda-feira, 19 de junho de 2017

RESOLVENDO PENDENCIAS- REALIZADO ECOCARDIOGRAMA- FEOCROMOCITOMA CONTINUA ATIVO

     Imagem relacionada

       
Boa noite meus amigos e visitantes, devem está surpresos eu postando diariamente, mas em crise do feocromocitoma tem sempre atualizações. E aqui estou para deixar registrado o meu dia. Acordei pela manhã e a cama olhava pra mim e eu para ela. Mas enfim conseguir levantar, ate porque a minha filha estava me chamando em dez e dez minuto e quando ela pegou no sono eu tive o prazer de acorda-la rsrs. Nós levantamos seis horas da manhã. Ao levantar sentir o impacto, meu coração disparando, e pensei em jogar tudo aos ares, mas querer não é poder e la fui eu a luta. Cheguei no exercito e tive uma surpresa boa, uma pessoa que tenho enorme carinho, ocupando um lugar muito merecido. Ele agilizou as papeladas para mim fazendo o que estava ao seu alcance para me ajudar. Me sentir mal la, comentarei na foto abaixo. E depois fui entregar o encaminhamento do meu internamento passado na fundação e realizei um ecocardiograma. Foi um dia muito puxado, estou me cansando com muita facilidades, chegava nos lugares sem nem conseguir falar, e andando então era impossível responder a alguém. Hoje um amigo meu foi bem direto, você não esta bem, retorne logo para o hospital, posso te levar ou providenciar uma ambulância, pensei que ele estava brincando, mas ao olhar para o fisionomia dele eu percebi que era serio mesmo e tratei de ir embora do exercito bem rápido rsrs.
                    
Aguentar picos hipertensivos e taquicardia não é nada fácil, mas aguentar a instabilidade da pressão arterial é foda. Estava no exercito quando me sentir muito mal, fui rodeada de pessoas amigas, melhorei um pouco e verifiquei a minha pressão e estava com hipotensão e em apenas um minuto já estava em crise hipertensiva. Logico que as pessoas ao redor ficam surpresa, é algo muito estranho. Muitos podem ate achar que é erro do aparelho, mas não é, não a primeira vez que isso acontece nessa crise, pelo contrario está acontecendo com regularidade. No hospital também aconteceu, me sentir mal peguei a pressão estava baixíssima, e nesse mesmo momento pedir a minha filha para puxar a pressão no aparelho do hospital, e já estava em 130 por 70, o medico plantonista nesse momento teve uma atitude correta, diminuiu o niprid, e em apenas segundos a minha pressão arterial já estava em pico hipertensivo. É isso que me causa preocupação, o sobe e desce. Fora que todas as vezes que isso acontece eu passo muito mal.
                     
Mais uma vez  ao sair do repouso absoluto, sinto de novo o meu coração doendo, quem diz que coração não doei,  eu digo o meu doei e muito. Sinto um peso enorme, é algo perturbador. E a minha pressão começa a explodir de vez e começa o martilho da dor de cabeça.

                         
Mesmo com  pico hipertensivo conseguir chegar na fundação e entreguei o meu encaminhamento  do internamento que tinha feito. Estava aguardando para realizar o exame e confesso pensei em desistir, eu queria muito era minha cama. Mas enfim quem realizou foi o medico Dr. Olziel, muito educado e atencioso. E vou lhe dizer que deitar para realizar o exame me fez me sentir melhor, como assim ? Eu tinha saído de casa muito cedo, a minha pressão arterial estava muito alta, a opressão no peito me incomodando muito, os poucos minutos do exame ao qual fiquei em repouso, me fez melhorar um pouco, logico que nada da pressão baixar, no momento do exame também estava alta, mas apos o exame estava em 22 por 14 mas conseguir ainda cumprir alguns compromissos. O exame deu normal, creio que o que eu esteja sentindo no coração seja da crise do feocromocitoma, ou quem sabe estou tendo emergência hipertensiva devido a descarga adrenérgica.  Quando cheguei em casa a minha filha parecia uma mãe preocupada, mal me deixou explicar a minha demora, mas cheguei tão cansada e me sentindo mal, que hoje não conseguir nem brincar com ela soube o seu exagero. Mas um dia que Deus me ajudou a vencer. Hoje eu recebi um nome de um centro espirita Andre Luis, como não tenho nada a perder, amanhã se me sentir melhor la estarei para conhecer o lugar. Uma linda noite a todos vocês. Beijos.
                        Resultado de imagem para licão aprendida
Reconhecer os erros não é fácil, mas eu estou reconhecendo, se confiamos no medico, o minimo que devemos fazer e seguir as suas orientações. Primeiro meu medico Dr. Emerson indicou internação no dia 01 desse més, recusei. Depois que eu fui para a emergência ele indicou para que eu fosse para Uco, também recusei. Então a situação que me encontro, foi em parte culpa minha. Se eu estivesse nesse ultimo internamento aceitado ir para uco, com certeza eles não iriam me liberar da forma que fui liberada, ainda em crise, esperariam um pouco, dando um alta com a confiança minima que tinha saindo de crise mesmo.Talvez eu estivesse hoje na minha casa e fora de crise. Meu medico ainda teve a delicadeza de mandar um cirurgião pulsionar o meu acesso, se eu estivesse no lugar dele não teria a compreensão que ele teve conosco. Eu estava com medo, por sonhos de terceiros, agora eu mudei também em relação a isso, quem sonhar com a minha morte ou algo parecido eu não quero saber. Afinal a morte é algo natural da vida, é uns nascendo e outros partindo. E minha vida pertence a Deus.    




             

domingo, 18 de junho de 2017

MELHORA DA CRISE DO FEOCROMOCITOMA- DESABAFO.





                   Resultado de imagem para uma mulher se abracando

Boa noite meus amigos e visitantes. Eu tenho esse blog há um tempo, me faz bem colocar para fora meus sentimentos. Não escrevo para passar como vitima. Afinal não somos vitimas, somos todos filhos de Deus com capacidade de superação. Seja o que a vida possa nós trazer, podemos cair, mas com Deus é mas fácil se erguer. Eu já vivo em uma sociedade onde aprendi a guardar meus sentimentos. Então colocar pra fora aqui, sabendo que só entra nesse blog quem quer, é algo que me permite escrever exatamente como estou me sentindo, sem mascaras, sem meias palavras. Logico que eu tenho discernimento de só colocar virtualmente as coisas que não prejudique outras vidas. Se tem uma pessoa que pode dizer que já viver de tudo nessa vida, esse alguém sou eu. Nasci um uma família com poder aquisitivo, fui criada como princesa, acostumada a ter tudo o que queria. Antes da perda dos meus pais infelizmente nem a cozinha conhecia rsrs. É parece um exagero mais é verdade. Minha mãe era do tempo antigo onde os patrões só entravam na cozinha para dizer o que queria.Não estou tecendo criticas a criação recebida. Só constatando o fato que realmente não sabia diferenciar um sabão de prato de óleo rsrs. Um tempo depois da perda da minha mãe, a minha irmã me pediu para fritar o peixe, talvez tem sido ate de proposito, não sei, hoje também isso faz parte do passado. O detergente de prato era de limão. Se eu não conhecia nada, como poderia saber. Fritei as postas de peixe com o detergente. Quando minha irmã comeu se em tatalou, começou a gritar e perguntar o que eu tinha colocado no peixe. Mostrei a ela e ela fez disso uma piada eterna [ A família toda soube do ocorrido] e nunca mais ninguém comprou detergente de prato de limão rsrs. Se eu me sentir humilhada? de forma alguma, mas com certeza depois desses anos todos ainda lembro do ocorrido. A minha filha foi criada no luxo, mas conhecendo tudo a sua volta. A minha filha sabe cozinhar, acho que deixei ela a vontade sobre isso, para não ter a mesma dificuldade minha. Ate hoje eu não sei cozinhar direito, o máximo que faço é comida básica. Com a morte da minha mãe a família se dividiu e o interesse geral era apenas a herança, como sempre amei meus pais, não entrei nesse disputa e sair ate da casa dos meus Pais e anunciei a venda. Onde quero chegar ? Uma grande  frase da minha mãe, vai os anéis e fica os dedos. Já trabalhava na época, mas com certeza minha fonte de renda era um terço do que nós eramos acostumada. Mas seguir a minha vida, me dedicando exclusivamente a minha filha e trabalhando cheguei onde estou. Hábitos de uma vida toda não se tira de repente, eu hoje sou uma pessoa que ama mais as coisas simples da vida. Mas ainda tenho alguns costumes, como não durmo na cama se tiver nem um farelo. Mas já durmo em coberta de algodão, antes era apenas seda. Estou longe do luxo que eu fui criada e criei a minha filha. Mas de coração eu não sinto falta, eu tinha poder aquisitivo melhor e menos Deus. Com isso não quero ser mentirosa e dizer que dinheiro não ajuda, logico que ajuda. O meu custo da doença é alto, só de farmácia mensal eu gasto quase cinco mil reais. Já fiz ate uma postagem sobre isso, onde coloco todas as minhas medicações e os seus valores. Graças a Deus eu tenho para custear a minha despesa referente a minha patologia e todos os custo básicos, como faculdade particular da minha filha, seu plano de saúde, despesa da minha irmã, prestação da minha casa, alimentação, funcionaria, ajuda que dou familiar etc. Esse més uma renda que tinha fixa deixou de existir. Eu tenho outras que podem manter as minhas depressa totais, mas logico tendo menos, só posso ajudar menos. Mas chegou a hora das pessoas entender que são responsáveis pela sua vida. Esse més tive muitas mudanças radicais.Teve familiares que eu sempre ajudei, um ate recebeu herança, acabaram tudo e agora vão ficar na minha casa ate conseguirem se estruturar. Tudo isso falado aqui, parece ser simples, mas na pratica foi um trabalhão ate chegar ao ponto que chegou gracas a Deus. No começo foi um inferno, mas agora depois de um papo serio e verdadeiro, onde deixei claro a minha situação, a paz reinou e hoje foi um dia em família na paz, tudo sobre controle. Nesse mesmo momento outras pessoas estão também tomando serias resoluções, e estou orando para que acabe como os meus, de uma forma equilibrada. Na vida não podemos temer os problemas, mas simplesmente enfrentá-los. Eu me mantive equilibrada o tempo todo, e para muitos isso foi encarado como se eu não estivesse sentindo. Que estava muito calma, e ate escutei que estava curtindo a vida. Primeiro eu tenho mesmo que curtir a vida, afinal a vida é para ser vivida, em segundo lugar a minha filha é filha unica, então estou de boa. Quanto a quem amo, eu estou viva e sempre estarei a disposição total no que for preciso para aqueles que estão no meu coração e sempre estarão. Engano quem acha que não foi um baque para mim, estava triste e ainda estou tentando reagir a tantas mudanças busca. Mas a vida segue, e não podemos deixar de viver. Com isso de forma alguma estou dizendo que vou ter problemas financeiros, ainda tenho o bastante para ter uma vida equilibrada, apenas estou cortando alguns gastos extras. Quanto a minha saúde estou melhor, mas ainda com dor de cabeça e em repouso, mas por outro lado com a minha alma em paz. Tudo na vida passa e esses momentos também passaram. Quero agradecer a todos vocês pelo apoio recebido. Por falar em apoio como todos sabem eu apoio a minha filha em tudo, sou uma boa mãe, a  protegendo de tudo o que eu possa proteger, mas não posso, nem vou passar a esconder dela nada, a nossa relação sempre foi de abertura total, por mais que a verdade doa, antes a pior dor da verdade do que um monte de mentiras. O quero dizer com isso é que ela sabe de todos os problemas que enfrento, seja na área profissional, sentimental etc. A minha doença prejudica a minha filha, isso é um fato, mas não vou usar mascara para a minha filha e dizer que esta tudo bem sem está. Isso não é proteção, mas mentira, e toda mentira vem com o inimigo. Então é assim, se ela está triste, ela se joga dos meus braços e eles sempre estão aberto para ela e para algumas pessoas que amo da minha família. E se eu estou triste ela é a unica pessoa que aceito consolo, sem ser Deus rsrs. Mas com certeza são em casos raríssimo que choro com ela. Para ser sincera raramento eu choro, como queria saber chorar, gritar, acho que sofreria menos, mas a minha natureza é essa. Para muitos sou um poço de fortaleza, sou guerreira, mas não se iludam ate os fortes praguejam. E o mesmo amor incondicional que dou a minha filha, ela me da, sendo a melhor filha que uma mãe poderia desejar. Ate aqui Deus me ajudou, depois de tantas perdas, tantos lutos enfrentados, tantas crises do feocromocitoma vencidas, tantos momentos onde sentir a morte pertinho, eu venci, então com certeza irei vencer essa crise do feocromocitoma se assim for a vontade de Deus. Esses dias a querida Tais e Gracita foram as amigas mais presentes que Deus colocou no meu caminho. Obrigada as duas. E ao meu medico a gratidão cada vez cresce mais, pois nunca tive um medico ao qual eu confia-se tanto e tanto me ajuda-se. E quero agradecer também ao um colega, pois teve um momento um dia antes da minha hospitalização que ele percebeu que meus lábios tremia, minha mãe tremia ( Isso ocorre não por medo, mas é pela descarga adrenérgica do feocromocitoma)  mas para que não sabe naquele momento poderia pensar que era insegurança, medo e isso poderia ser desastroso. Mesmo em crise eu continuo plena das minhas capacidades, mas agora com certeza vou ter o cuidado necessário ao realizar algo desse tipo de coisas em crise. Mas o amor e por amor enfrentamos o leão rsrs. Só mesmo o grande amor pela minha filha que enfrento tantos riscos rsrs. E vamos que vamos seguindo a vida. Feliz semana a todos.     
                   



sábado, 17 de junho de 2017

A CRISE DO FEOCROMOCITOMA CONTINUA, ME DEIXANDO ARRASADA.

            

Boa noite meus amigos e visitantes. Hoje eu amanheci me sentindo mal. A pressão arterial se mantem alta. A cefaleia se mantem independente das medicações. Não consigo comer nada devido a fortes náuseas e vômitos. A dor no peito ocorreu uma vez apos a alta. Não penso em retornar ao hospital. Não vou permitir que minha filha passe novamente por tudo o que passou ao presenciar as inúmeras tentativas de acesso. Só farei em caso extremo. Essa crise já demorou demais e está me desequilibrando emocionalmente. Estou triste, muito triste, mas com esperança que a crise vai ceder. Tudo passa, tudo isso passará.

                    
A minha pressão arterial de hoje com todas as medicações anti-hipertensivas em dosagem máxima. E eu repouso relativo.

                    
  O estado que ficou meus braços, apos inúmeras tentativas de acesso.

                

sexta-feira, 16 de junho de 2017

ALTA HOSPITALAR - RESUMO DO INTERNAMENTO - NÃO ESTOU BEM AINDA.

                
Boa noite meus amigos e visitantes. Como aqui já relatado, eu entrei em crise no dia 01 deste més. Fui me mantendo em casa, ate o momento onde não deu mais, a pressão arterial estava descontrolada me causando dor no peito forte e muito mal estar. Cheguei no hospital e o começo foi um completo pesadelo. Não conseguiram pegar acesso, quiseram me mandar para uco, eu fiquei apavorada, porque familiares tinham feito premonição da minha vida. Mas no momento que eu tive muito mal, cursando com emergência hipertensiva, com valores de pressão arterial chegando ate a 270 por 220, isso mesmo, essa pressão com a dor forte no peito, enjoou e dor de cabeça, me fez acreditar que realmente seria a  minha morte. Mas se realmente era para ser meu fim, Deus mudou a minha historia. Foi nesse momento que mas uma vez Dr. Emerson nós ajudou ao tão ponto que não existe palavras que eu possa agradecer por contribuir para a minha sobrevivência. Um cirurgião Dr. Leonardo Eugênio foi chamado e apenas em minutos, na primeira tentativa ele pulsionou o acesso e com acesso o plantonista do dia pode da seguimento ao meu tratamento. A minha pressão arterial ficou bastante alta durante a noite de quarta e durante o dia de ontem, aos poucos os sintomas foram cedendo, dessa vez no hospital a dor de cabeça foi mais controlada. Nos primeiros dias tirar foto nem pensar, só fizemos orar e orar. Hoje pela manhã tiramos a foto acima, antes e depois do banho, já tinha tido uma noite melhor, a pressão arterial tinha normalizado e a medica que pegou o plantão hoje, fez a avaliação dela e me deu alta. Eu sentir que poderia não ter saído de crise. A minha filha falou que eu aceitei a alta porque no fundo era o que eu desejava. Logico que eu queria mesmo alta, vou negar para que ? Mas já internada, com acesso me faltou mais uma vez prudencia. Eu conheço a minha doença, tinha tido antes da alta dor de cabeça as 6 horas da manhã, usando profenid venoso, tinha suspendido o nipride as 5 horas da manhã, então com certeza vim pra casa sem esperar o tempo minimo seguro para ter a certeza do fim da crise do feocromocitoma foi imprudência. Com isso não quero dizer que estou questionando a decisão da medica, pelo contrario eu aceitei a alta e isso é um fato ( Eu poderia pedir a interferência do meu medico assistente, com certeza absoluta se pedisse para aguardar o tempo minimo para ter certeza que tinha saindo de crise, ele jamais me mandaria para casa ) Agora é continuar mantendo a calma e orar ainda mas. A crise provavelmente continua........... 

             Resultado de imagem para historia do feocromocitoma dor
Cheguei em casa no final da manhã, ainda dentro do hospital, aguardando o carro, a dor de cabeça surgiu novamente ( Confesso que já esperava por isso ) Eu me conheço, eu estava com maior cuidado com o acesso, quando a enfermeira tirou, cheguei a sentir uma tristeza. Acho que ate a técnica de enfermagem percebeu e me disso que caso precisasse de novo era só pulsionar com um ultrassom E eu fiquei pensando, com certeza não seria tão fácil assim, achar o mesmo cirurgião com a competência  a boa vontade de pulsionar o acesso. Não quero nem pensar nisso, é triste demais. A medica tinha me dado alta e ainda completou que eu estava ótima. Eu jamais iria contestar uma alta medica, só se estivesse morrendo. Com certeza absoluta depois de tirar o acesso e ter tido alta, eu iria chegar em casa, não iria voltar para dentro da emergência e dizer estou me sentindo mal, com dor de cabeça, imaginei logo a fisionomia da medica rsrs, só mesmo tentando brincar com uma situação delicadíssima para não desabar. Ainda no hospital a minha filha retornou a emergência para pegar uma receita de tramal ( medicação opioide para dor] e saiu com uma receita de tramal de 50 mg. Eu uso em crise tramal de 100 mg e ainda sinto dor. Nesse mesmo internamento eu fui avaliada por um cirurgião vascular e nos achamos ele bem criterioso, cuidadoso, nós passou confiança. Sera ele se assim Deus desejar o medico que vai colocar outro portocath. Ele achou mais viável colocar outro portocath em cirurgia eletiva. Cheguei em casa hoje e todos ficaram perplexo, cheguei vomitando e com dor de cabeça fortíssima, foi uma correria, um para buscar a bolsa de gelo na geladeira, arrumar a minha cama etc. Estou em repouso absoluto, mesmo assim com uma dor de cabeça muito mais forte que nós dias que passei internada. Horas com pico de dor mais moderado, outros mais forte. Quero muito acordar e ver que esse pesadelo acabou. É levantar a cabeça e seguir em frente, visualizando um amanhã melhor. Ficarei em repouso absoluto ate os sintomas cessar. Acabou a brincadeira de achar que lazer, momentos alegres, pode resolver uma crise do feocromocitoma, o que tem que ser feito é medicamento controladíssimo, repouso absoluto e caso chegue novamente ao estado que fiquei na quarte- feira e me conformar e enfrentar mais uma vez a emergência. Mas creio que em breve a minha vida voltará ao  normal. Eu confio em Deus e nele me seguro. 


                   Imagem relacionada

Meus queridos amigos e amigas virtuais, muito obrigada pelo carinho, força, amizade. Quero que saibam que sou grata a todos vocês por caminhar conosco nesse dura caminhada e nós momentos bons. Que todos tenham um lindo final de semana. Grande abraço.      

quarta-feira, 14 de junho de 2017

INTERNAMENTO - POR SANTY.


Olá gente, aqui é Santy, filha de Mirtes. Novamente venho avisar que minha mãe se encontra internada, e venho novamente pedi oração em nome dela, para que ela saía de mais essa.  Ela foi para a emergência, com dores, pressão alta, dor no peito e o acesso para conseguir foi um verdadeiro inferno,  tentaram mais de 10 vezes e nada, e ela só piorava. Graças a Deus e a ajuda de Dr.Emerson Porto, o cirurgião foi chamada, Dr. Leonardo e conseguiu pegar um acesso nela.Contamos com as orações de vocês.

terça-feira, 13 de junho de 2017

PIORA DA CRISE DO FEOCROMOCITOMA DEPOIS QUE SAIR DO REPOUSO, POREM SAIRMOS PARA RESOLVER COISAS IMPORTANTES PENDENTES.

        Imagem relacionadaImagem relacionada

        Imagem relacionadaImagem relacionada

SINTOMAS DA CRISE DO FEOCROMOCITOMA, DOR DE CABEÇA INTENSA, ENJOOU CONSTANTE, DOR NO PEITO E MUITO CANSAÇO.

Boa noite meus amigos e visitantes. Dei uma saidinha ontem e passei a madrugada, com muita dor de cabeça. Amanheci melhor e precisava resolver algumas coisas. Coisas essas que me deixaram muito feliz e em paz. Fui deixar a minha filha amparada juristicamente e protegida de qualquer pessoa, me refiro ate a familiares. Logico que eu sei que a minha filha é filha unica, e dona de tudo o que tenho, e do meu coração também. Uma filha merecedora de ser muito, muito feliz, e não precisa se aborrecer com minha família no futuro. Eu sofri muito quando minha mãe faleceu, pessoas que eu confiava, quando envolveu herança se mostraram de uma forma que eu jamais poderia imaginar. Logico que minha filha não passará nunca o que eu passei, mas nada como deixar tudo certinho.Teve algumas mudanças que me fizeram antecipar algumas coisas, afinal coração é terra que ninguém passeia. Enfim agora tranquila em relação a isso. Mas uma vez digo, não estou me preparando para minha morte, mas em vida pensando no futuro da minha filha. Que ama cuida, zela e protege.

                         
Hoje mesmo me distraído, por ter saindo do repouso, tive dor no peito e fortes picos hipertensivos sintomáticos.  Mas seguindo também de hipotensão

                              
Quando a queda busca da pressão me sinto ainda pior do que ao apresentar pico hipertensivo. E me vejo sem saber conduzir essa crise como de costume. Hipotensão e hipertensão e ainda mais sintomática é uma bomba relógio e todo cuidado é pouco.

                       
Fomos resolver coisa importante, mas aproveitamos para almoçar fora e tentar nós distraímos um pouco. Mas por outro lado, agora eu sei que a crise está fugindo do controle, e tenho que ficar mesmo em repouso, ate que ela passe. Para completar a situação doe todos os ossos do meu corpo. O meu cansaço é tanto que chega a ser incomodativo, ate comer é para mim um esforço e acaba que desisto de me alimentar, pois segurar o gafo se torna dificil. Sei que parece um exagero, mas só quem passa por uma crise do feocromocitoma e vários picos hipertensivos por dia, sabe como é dificil. Mas o importante é que estou em paz, e dentro do possível lidando com essa crise sem deixar que abale o meu humor. E vamos que vamos para mais dias pela frente que oro que seja de dias melhores.  


                   

   

domingo, 11 de junho de 2017

EVOLUÇÃO DA CRISE DO FEOCROMOCITOMA - COMPLETANDO A POSTAGEM- FELIZ DIA DOS NAMORADOS PARA TODOS.

              Imagem relacionada

Olá amigos e visitantes. Depois de cada escuridão sempre o sol aparece. Está de noite admire a lua, está de dia admire o sol, com chuva ou sol a vida segue. Nenhum dia é igual, seja para melhor ou pior, tudo sempre se modifica. Cabe a nós seguirmos em frente nós adaptando a qualquer situação. Não podemos nós entregarmos a dor, toda dor passa, seja a dor do coração ferido, do amor, do luto, e ate da dor física. Nada é para sempre. Eu posso não ter uma vida perfeita, mas com certeza eu não me entregarei nem a crise do feocromocitoma e nem a nada. Viver as vezes se torna um desafio, mas quando nós amamos, amamos a vida, amamos as pessoas e temos sonhos a serem realizados, a gente consegue aceitar os altos e baixos e segue adiante buscando ser feliz e fazendo feliz quem amamos. Toda crise do feocromocitoma é um grande desafio, não é só querer que posso fazer tudo o que eu desejo. As crises do feocromocitoma traz limites, que ao tentar ultrapassar me causa ainda mais sofrimentos. Com isso tenho que ser prudente e crer que tudo passa, essa crise também passará. É necessário ter paciência. Não é fácil ver sempre o lado bom das coisas, ate porque tem situações que não se consegue ver lado bom nenhum, mas com calma podemos tentar não complicar ainda mais uma situação que já está por demais complicada.Devemos olhar para o alto, tentando viver da melhor maneira possível, acreditando sempre que dias melhores virão.

                         Imagem relacionada

Evolução da minha crise do feocromocitoma, creio eu que entrei em crise no dia 01 de junho, então hoje faço onze dias em crise. Onze dias de luta. Esse crise começou bem rápida, houve descontrole da pressão, dor no peito, cefaleia e exaustão. Eu estava tendo hipotensão e então estava em uso de apenas dois anti-hipertensivos e quando entrei em crise me sentir muito mal e foi nesse mesmo dia que introduzir todos os anti-hipertensivos de volta. Com o decorrer dos dias, e com a medicação em quantidade máxima, os sintomas estão mas controlados. Mas ainda sentindo um cansaço grande. Ontem tentei ter um pouco de lazer, mas confesso que eu queria mesmo chegar em casa e descansar. Estou me alimentando com muita dificuldade e sentindo um cansaço extremo. Hoje resolvemos ficar em casa, e procurei descansar o máximo possível, pois amanheci sem forças. Mas é isso mesmo, eu tenho uma doença e tenho que aceitar que essas crises vão ocorrer, e orar para que seja breve e sem maiores sofrimentos.  A todos vocês uma linda semana.

                   
Fui com Santy ao shopping, fizemos lanche, mas o enjoou, cansaço me fez ir embora.
                  
Fui ao cinema com minha filha, mas não conseguir ficar, mas pedi que ela assistisse.
                             
                             
              
                         Nem pizza conseguir comer, muito enjoou.

               
                            Pressão arterial melhorando.
Completando a postagem, agora  a noite dia 12 de junho.
Boa noite meus amigos e visitantes. Não vai da tempo de fazer uma nova postagem, então quero desejar a todos uma linda noite de amor, afinal hoje dia 12 é dia dos namorados. Resolvi passar a minha tarde no salão, e não faltou pessoas dizendo que eu estava me colocando em risco, mas não me lembro de ninguém se preocupando e perguntando como eu estava rsrs. Então podem ficar despreocupados. A minha filha estava de acordo e apoiou a minha decisão, a ela com certeza eu devo satisfação. Ao resto eu só tenho a dizer que aproveite a vida e vivam a sua vida, pois quem olha demais para a vida dos outros, esquece algo bem importante, esquece de viver.

              .
Não gosto muito de salão, mas a pessoa que me atende é um amor, uma pessoa bem humana e doce, se chama Edileusa, ela sabe dos meus problemas de saúde e foi fazendo as coisas com um cuidado extremo. Sentir um pouco ao lavar o cabelo e colocar a cabeça pra traz, mas foi contornável.                    
         
Quando cheguei em casa, a minha filha me recebeu com um grande abraço. Eu não estou ainda fora de crise,  mas esparecer a mente não creio que vá me fazer mal. Enfim só amanhá saberei rsrs. Uma linda noite a todos. Fui...................


quinta-feira, 8 de junho de 2017

CRISE DO FEOCROMOCITOMA E FERIAS COMO ESTÁ SENDO.

              Resultado de imagem para uma mulher no abismo
Bom dia meus amigos e visitantes. É reconfortador, acordar e saber que posso ficar na cama ate a hora que eu queira.  Sem compromisso, sem responsabilidade. Ainda creio que esteja em crise, pois a pressão arterial ainda se encontra alta. Cada ano que passa os cuidados e os riscos vão aumentando. Como já ocorreu mine AVC, a possibilidade de um AVC completo é grande, então não posso facilitar. Parece um exagero, mas estou fazendo tabela rigorosa de medicamentos e pegando a pressão arterial em 6 em 6 horas, e todas as vezes que tenho sintomas. Já cheguei ao máximo das medicações que faco uso nas crises. Graças a Deus as dores tipicas da minha crise estão controladas com medicamentos apropriados. Está ocorrendo dor de cabeça, mas de leve intensidade. Como nas outras crises tenho grande dificuldade para me alimentar, por isso estou bebendo muito liquido e comendo bastante bobagem como brigadeiro, torta de chocolate, sorvete, me aproveitando rsrs. Se tenho certeza que seja crise ? Não tenho, mas creio que seja. Quanto a dor no peito eu creio que seja angina, porque é comum os pacientes com feocromocitoma apresentarem, e os sintomas são na minha opinião bem sugestivo. Eu estou ainda em repouso, não absoluto, mas saindo o minimo que seja possível. Nas outras crises eu ficava muito tensa com meus compromissos, tentava mesmo em crise resolve-los, ficava pensando etc. E saber que não precisa mais nada disso, é um alivio. A minha filha está novamente bem, voltou para a faculdade, voltou a estudar, e isso é muito bom. Hoje faz oito dias que tive a dor no peito mais constante, que ia e voltava. Agora estou tendo mais cuidado, quando sinto abafamento, dor no maxilar, já deito, e a dor no peito vem mais leve do que ultimamente. Estou correndo de estresse, estou fazendo que cada um se responsabilize pelos seus atos. Dei um basta em me colocar em situação que a minha saúde não mais permite. Agora creio que passou os piores momentos. Agora vou esperar a crise ceder. A minha filha esta entrando de ferias da faculdade, e vamos viajar em breve se assim Deus permitir.  Isso mesmo, antes não viajava sempre pensando nos outros, agora me dei conta que não sou insubstituível e que precisamos esparecer. Não posso voltar ao passado e fazer diferente, mas posso fazer do meu presente algo mais leve. Isso não que dizer que vou deixar de da assistência a quem amo, de forma alguma, mas pensar um pouco em mim mesma. Estão todos em estado de alerta,  meu irmão chegou a me perguntar hoje o que estava acontecendo e porque isso tudo. Isso se referindo que agora estou pensando em mim mesma e na minha filha. Diferente do que estão pensando eu não estou me preparando para minha morte, mesmo sabendo é claro que minha vida corre riscos, mas estou me preparando para pensar só na minha filha e no futuro dela. Pois todos precisam se virar, isso não é crueldade, é a realidade. E vamos que vamos vivendo dia a dia. Esse final de semana vou ver se consigo sair um pouco. Mas só farei se realmente me sentir melhor para isso.  É como eu sempre digo nada como um dia apos o outro, não podemos nós desesperar com nada. Quando entregamos a nossa vida e a de quem amamos nas mãos de Deus, nós sentimos confiante que tudo na vida passa e melhores dias virão. Um lindo final de semana a todos vocês.
                  Resultado de imagem para um feliz final de semana a todos com muita paz

segunda-feira, 5 de junho de 2017

ESTOU DE FÉRIAS INDETERMINADA.

    Resultado de imagem para estou de ferias
Bom dia meus amigos e visitantes. Hoje encerro todas as minhas atividades laborais. Na minha responsabilidade só tem a minha filha, minha irmã que tomo conta e lila. E nelas que pesarei. E no futuro dela que eu tenho que pensar. Ainda não sei muito bem, não quero tomar decisões precipitadas, mas estou pensando em radicais mudanças. Estou largando tudo o que nós prejudica. Quando digo tudo, é tudo mesmo, ate pessoas se forem necessário. Não vou permitir que com tantos problemas que já enfrento ter que aceitar o inaceitável. Agora eu vou curtir a vida. Agora eu vou descansar muito, ver sol nascendo, sol indo embora.Vou aproveitar as maravilhas da natureza, a companhia dos meus amorezinhos e principalmente vou aproveitar a vida com minha filha. Sempre vivi para a minha filha e agora viverei ainda mais. A vida é unica e chegou a hora de não me sentir culpada por não me sentir capaz de fazer as coisas que fazia antes. Eu tenho uma doença cronica, grave e que já dura muito anos, e preciso tomar consciência que isso é uma fato e não posso mudar. Mas posso mudar os meus sentimentos diante disso. Na semana passada, eu me sentir uma fracassada, me sentir um lixo. Mas graças a Deus esse sentimento foi passageiro. Tudo na vida passa. Nesse final de semana eu não estava bem, estava muito debilitada, mas mesmo assim eu conseguir cuidar da minha irmã que precisava de mim, da minha filha e ate fiquei com meus amorezinhos um pouco. Como eu queria que as coisas fossem diferente, eu queria nesse horário esta em pé trabalhando, mas agora eu sei que a minha decisão foi certa. Hoje eu não conseguir nem ficar em pé. Logico que vou tentar daqui a pouco fazer o minimo que é cuidar da minha casa, e o que estiver ao meu alcance. Eu demitir a empregada em pior hora, mas quando eu cheguei em casa, no dia que eu tinha indo para o hospital e encontrei minha irmã mal cuidada, e ela nem tinha deixado comida pronta, e eu pensei Meu Deus se eu não tivesse vindo para casa minha irmã ficaria com fome ate que horas ? Encontrei meu irmão bêbado na sala, e ao perguntar o que minha irmã tinha comido,e o porque ela estava tão nervosa, ele mal falava, acho eu que nem sabia que dia era de tão alcoolizado. Ele é alcoólatra, a vida é dele,se ele quer se destruir é problema dele, mas ficar naquele estado, estando tomando conta de minha irmã e de Lila, foi triste. Depois chegaram pessoas da minha família e tive surpresas mas triste ainda, ainda o álcool destruindo vidas. Mas como Deus é meu Pai Amado tudo terminou bem. Enfim é passado. Todos estão bem, e ate que esse final de semana foi na paz. Estou em crise do feocromocitoma e tenho fé que passe, mas mesmo assim eu tomei consciência que não posso mais me cobrar tanto. Não vou mais me cobrar, fiz e estou fazendo o meu melhor. Não posso me culpar por não está bem, em outros tempos me culparia, me cobraria, hoje mais não. Eu tenho muita sorte de ter a filha que tenho, uma filha maravilhosa, que não me cobra, não me aborrece e me ajuda dentro da sua possibilidade. Ela é meiga, doce, amiga. E como todos sabem, ela é minha vida, meu tudo, o meu viver. É nela que eu tenho que pensar, ajudar aos outros é bom, mesmo que a gente ajude e receba apenas ingratidão, isso faz parte da vida, ate porque ajudamos porque queremos, e não para receber nada em troca. Mas ajudar se prejudicando é burrice. A vida segue, eu tomei tantas porradas juntas nós últimos dias, que confesso estou me sentindo ate mais forte. O que não nós mata nos fortalece. Agora oro a Deus para conseguir resolver as coisas que ainda estão pendente e que continue recebendo a força e a paz que entrou e permaneceu dentro de mim. Não sei do meu futuro, ele pertence a Deus, mas o meu presente é hoje e farei tudo que estiver ao meu alcance para da minha filha o que ela merece, atenção exclusiva, amor e ajuda-la nesse momento que ela está deprimida. Mas esse problema eu também entreguei a Deus e tenho fé que logo a verei feliz de novo. Desejo a todos dias de pura alegria. Que Deus esteja conosco e com cada um de nós. Obrigada meus amigos virtuais por todo apoio e carinho. Aos poucos vou visitando vocês e respondendo aos comentários. Feliz semana.

                     Resultado de imagem para uma feliz semana com deus  

sábado, 3 de junho de 2017

CRISE DO FEOCROMOCITOMA - CONSULTA MEDICA.

  Resultado de imagem para meu deus eu confio em ti
Boa noite meus amigos e visitantes. No primeiro dia desse novo més amanheci com desconforto no peito, mas estava bem emocionalmente. No dia primeiro sempre saímos eu e minha filha para um cinema, almoçamos fora etc. Iria trabalhar ate meio dia e depois iria ao medico com minha filha a tarde e depois aproveitaríamos o resto do dia. Mas a dor no peito foi piorando, e me debilitou muito em muito pouco tempo.Quando eu estava saindo abracei meus amorezinhos, e eu levei comigo os abraços deles, foi essa lembrança que me ajudou a acalmar o meu coração diante da tempestade que abateu sobre as nossas vidas. Eu aprendi que com dor nunca ninguém deve tomar decisões importantes. Nesse dia primeiro eu tomei serias decisões. E depois disso sentir meu chão sumir e logico se eu já estava me sentindo mal, com o emocional bem, depois com ele mal foi como descer uma ladeira sem ter controle do freio. Mas o pior ainda estava por vim.

CONSULTA MEDICA .

Tinha marcado dia primeiro com meu medico justamente para investigar dor no peito, porque estava mas constante. Mas quando a dor começou ficar mas forte, no dia primeiro, indo e retornando eu quis desistir de ir ao medico. Com certeza por saber que meu medico Dr. Emerson é competente e cauteloso, sabia que diante da minha situação não adiantaria ir para ele pedir para investigar a dor ambulatorialmente. Mas minha filha me convenceu que já estava marcado e que eu deveria ir, porque eu precisava investigar. Porque se eu nesse momento fosse internada, ela não iria aguentar passar por tudo isso sozinha. E assim fomos, chegando la a dor vinha e voltava. O meu medico recomendou internamento e desaconselhou totalmente a minha vinda pra casa. Ele chegou ate a falar que eu poderia ir para casa e não ter tempo de voltar. Em resumo expôs o quando era o risco da minha decisão de não ficar internada. Foi uma decisão muito dificil, pois naquele momento seria mas do que impudência vim pra casa. Quando ele falou que queria que eu descesse para a emergência, não posso negar que naquele momento era também o que eu queria, como queria deitar no cama, tomar medicação para dor, e acabar o desconforto que parecia que me sufocava.Mas naquele momento eu sabia o que era certo fazer, mesmo sabendo que era uma decisão muito arriscada, decidir ir para casa e com certeza eu sei que foi a melhor decisão que tomei na vida. Nem quero pensar se não viesse para casa. Acho que nesse dia primeiro provavelmente foi o dia que de fato entrei na crise do feocromocitoma. Ele queria me internar para ceder a crise e investigar a causa da dor no peito. Não passou exame nenhum, só mesmo a opção de realizar tudo internada Com certeza ele agiu na forma correta, eu sabia que não estava bem e a conduta dele foi exatamente o que eu já esperava. Enfim fui a consulta fiquei em uma situação delicada perante meu medico, afinal eu não poderia ficar de forma alguma, e nem explicar detalhes do porque precisava vim para casa.
              
                Minha pressão arterial hoje.

EU NÃO JULGO, MAS NUNCA ENTENDEREI O PORQUE UMA PESSOA PODE QUERER ACABAR COM A PRÓPRIA VIDA.

Quando chegamos em casa, percebi que a minha filha estava pior do que eu imaginava, aparentemente ela estava só triste por meu quadro de saúde e porque estamos enfrentando algo pessoal muito dificil. Mas nunca nem nos piores pesadelos poderia imaginar o pensamento dela. Ela foi por quarto, me ajudou a tirar a roupa e me vestir, porque eu estava me sentindo muito fraca e com dor no peito que vinha e voltava. Já no quarto ela olhou para mim e disse que ela não iria me ver morrer, mas no momento eu pensei que ela queria dizer que não queria presenciar a minha morte. Mas demorou muito pouco, para eu saber o que isso queria dizer. Não vou entrar em detalhes, não quero reviver nada disso. Conseguir controlar a situação e fiquei com ela o tempo todo.
Eu estou desabafando mais com certeza vai ser muito dificil alguém acreditar em algo assim. Eu tinha acabado de vim do hospital, foi chegando em casa comecei a resolver algumas pendencias. Depois teve o caso da minha filha, dei prioridade exclusiva a ela. Fechei o quarto e mesmo após ela pegar no sono passei a noite acordada.  E para minha surpresa e horror, outra pessoa na minha casa, na mesma noite também queria morrer e fez uso de medicação em dose alta. Isso não é normal. Parei por alguns minutos e propus suicide-o coletivo ( Não é verdade que teria coragem disso)  mas eu precisava acordar essa família. A vida é o bem mais precioso que temos, tudo na vida passa, nada justifica tirar a propria vida. NADA. Imagine eu tenho uma vida bem dificil e quero viver, e quem tem uma vida toda pela frente querem morrerem. Realmente eu nunca vou entender. Está todo muito desequilibrado. E com certeza a minha noite foi o um calvário. Não é exatamente a noite que eu imaginaria viver um dia e pior ainda sentindo muita dor no peito. Mas fazer o que ? Se eu não tivesse mesmo Deus que eu creio, não saberia lidar com algo assim. Não existe nada na vida, que possa levar uma pessoa a desistir de viver. Pelo contrario devemos erguer a cabeça sempre. Hoje graças a Deus estão bem. Parece que o pesadelo ficou no passado. Ainda acho surreal o que aconteceu por aqui. Se alguém me conta-se algo assim eu nunca acreditaria.O meu dia primeiro de junho entrei em crise, sentir dores fortes do peito, pessoas queriam morrer, pensei que fosse morrer, despedir a funcionaria por deixar a minha irmã sem assistência, quando cheguei a minha irmã estava trastornada. E logico pensei não tem mais o que podesse acontecer. Não demorou muito para saber que eu estava errada. Minha irmã entrou em crise forte de esquizofrenia. Está sem falar, deu crise ontem o dia todo, a noite toda e hoje tive que da banho, da comida na boca, e agora graças a Deus melhorou um pouco. Se o abalo emocional me colocou em crise ? Não, mas agravou com certeza. Passei o dia em repouso, hoje levantei apenas para olhar meus amorezinhos um pouco. Ontem eu não conseguia nem levantar sozinha da cama, não sentia força no corpo, parecia que minha energia tinha sido sugada. E  a dor no peito ? Hoje eu sentir pela manhã, mas no momento a minha pressão estava muito, muito alta. O que eu vou fazer em relação ao meu internamento ? Vou tentar como sempre sair de crise em casa, mas se em algum momento sentir dor no peito forte, vou para o hospital. Já deixei tudo meio organizado por aqui. Minha filha está melhor hoje. E vamos que vamos encarrando de frente o nosso calvário. Pior sofreu Jesus para nós salvar. Um feliz més de junho a todos vocês.


Para quem possa interessar deixo aqui alguns link sobre feocromocitoma, é só clicar em cima dos link, caso queria entrar em contato comigo o  meu e-mail é mirtes_bastos_stolze@hotmail.com. 

LINK - http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2017/04/historico-medico-atualizado-relacao.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2014/01/feocromocitoma-pesquisa-realizada-por.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2014/07/revisao-de-feocromocitoma-2014.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2014/05/como-e-conviver-com-feocromocitoma.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2014/04/historico-da-saude-de-mirtes-stolze.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2014/04/cefaleia-e-feocromocitoma.html
LINK http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2012/12/feocromocitoma-benignidade-e-malignidade.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2012/12/crise-adrenergicas.html
LINK = http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2012/12/especialidade-cardiologia.html
LINK= http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2013/05/feocromocitoma-foi-descoberto.html
LINK =  http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/10/minha-relacao-medico-paciente-durante.html
LINK= http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/09/o-que-e-feocromocitoma-ativo.html
LINK= http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/08/controlar-as-emocoes-para-pacientes-com.html
LINK=http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/08/feocromocitoma-uma-patologia.html
LINK= http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/07/crise-de-feocromocitoma-e-como-uma.html
LINK- http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/07/feocromocitoma-relato-sao-paulo-medical.html
LINK http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2015/03/como-e-ter-meu-blog-falando-sobre-minha.html